Licenciamento de produtos cresce no Brasil com marcas para o público adulto

Bebidas, bandas, heróis e personagens do universo geek alavancam este nicho de mercado que ainda tem muito potencial para ser explorado.

Depois de muito tempo sob a predominância de marcas e personagens infantis, o mercado de licenciamento de produtos brasileiro começa a sentir uma forte evolução em opções voltadas para o público adulto. Entre os anos de 2015 e 2016, este segmento ganhou 5% de participação de mercado, passando de 30% para 35%.

Antes focado, quase que exclusivamente em celebridades e esportes, este segmento agora reflete uma ampla gama de opções, nos mais diversos setores “O mercado está bem servido. O fabricante de produtos encontra marcas fortes e com excelente apelo popular em todas as vertentes”, explica Marici Ferreira, presidente do EP Grupo e responsável pela organização da Expo Licensing Brasil, o maior evento focado exclusivamente em licenciamento de produtos da América Latina.

Se entre as crianças a afeição aos personagens é o que mais conta, entre os adultos saem na frente as marcas que possuem maior identificação com o lifestyle dos consumidores. “Quando pensamos em licenciamento adulto, na maioria das vezes, vendemos comportamento, um estilo de vida”, afirma Marici.

Pensando nisso, as agências de licenciamento vêm trabalhando pesado para ampliarem e, principalmente, diversificarem seus portfólios para atuarem neste mercado que em 2015 movimentou R$ 17 bilhões no Brasil. É comum observarmos marcas consolidadas em determinado setor, como a Ferrari, Playboy, Vogue, entre outras, aumentando a variedade de produtos e conquistando novos segmentos graças ao licenciamento. Entre as tendências que devem conquistar as prateleiras estão propriedades como:

• As de bebidas Baileys, Guinness e Pepsi, na esteira do sucesso de Coca-Cola, que tem bons resultados principalmente na moda;
• Programas de TV e novelas, como a Batalha dos Confeiteiros, MasterChef, A Terra Prometida e Os 10 Mandamentos, este último, um verdadeiro fenômeno, que conseguiu trazer produtos atuais, como esmaltes e acessórios de moda, para uma novela ligada a história bíblica;
• Licenças ligadas a diferentes perfis lifestyle, como Ford, Polaroid, MTV, Von Dutch, Mr. Kitsch, Fashion Cruise, G Style, Freesurf, Capricho, Boa Forma, Uatt!, Red Nose e DJ Alok;
• Marcas que nascem em canais de YouTube, mídia que se revela poderosa para licenciamento. Entre elas podemos destacar Porta dos Fundos, AwesomenessTV Brasil, Julio Cocielo (Canal Canalha) e Legends of Gaming Brazil;
• Os games Minecraft, Mario Bros, Angry Birds, Candy Crush, Halo e Pac Man –englobam desde os jogos mais recentes, que viraram mania, até games do passado, que nunca perderam seus fãs;
• Filmes que conquistaram o público e renderam franquias com muitas sequências, como Velozes e Furiosos, Star Wars, Star Trek e Star Wars Rebels; super-heróis, como Liga da Justiça, Thor, Homem-Aranha, Super-Homem, Mulher Maravilha e Avengers; e desenhos animados, como Pokémon, Simpsons, Family Guy, Futurama, South Park, Beavis & Butthead, Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball Z; propriedades que fazem sucesso, principalmente, entre os o público jovem e os geeks;
• Licenças focadas em bandas e cantores de sucesso mundiais, com destaque para The Beatles, Michael Jackson e Elvis Presley;
• Marcas desenvolvidas a partir de celebridades do cenário nacional, como Naldo Benny, MC Gui, Preta Gil, Bela Gil, Fernando Torquatto, Lilian Pacce e Constanza Pascolatto; e também internacionais, com destaques como Marilyn Monroe, Muhammad Ali, Frida Khalo e Brigitte Bardott;
• Além das propriedades esportivas do futebol, que sempre fazem sucesso no Brasil.

Segundo Marici Ferreira, esse crescimento do segmento adulto é um reflexo do amadurecimento do mercado de licenciamento no País. “Os empresários brasileiros estão valorizando, cada vez mais, o licenciamento como ferramenta de marketing e branding”, conclui Marici, ressaltando que o Brasil, atualmente conta com 500 empresas licenciadas, 50 agências licenciadoras e 600 licenças disponíveis, sendo que 75% delas são estrangeiras, em um mercado que gera cerca de 1.300 empregos diretos e milhares de empregos indiretos. *

*Os números de mercado foram fornecidos pela ABRAL – Associação Brasileira de Licenciamento.

Fonte: Ralcoh Comunicação – Gisele Araújo – (11)  3257.4741 ramal. 16.

Comentários via Facebook

  • SIGA A EP GRUPO

    logo-sociais_r1_c1_s1  logo-sociais_r1_c2_s1  logo-sociais_r1_c3_s1  logo-sociais_r1_c4_s1  logo-sociais_r1_c5_s1 logo-social-youtube


  • banner-galeria-fotos

  • btn-newsletter

  • Atuamos, por meio de publicações, ações direcionadas e eventos, com três principais segmentos: brinquedo, licenciamento e zero a três com a missão de informar, documentar, proporcionar encontro de negócios e estabelecer parcerias. Conheça mais sobre a EP GRUPO

    ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS!

    • Facebook
    • Twitter
    • Instagram
    • Flickr
    • LinkedIn
    • Youtube

    ÚLTIMAS POSTAGENS

    ÚLTIMOS TWEETS

    Leia todos os tweets

    © Copyright 2015 Espaço Palavra Editora e Arte.

    by: NHS INFO

    Cadastre-se

     
    Name

     
    E-mail*

     
    Empresa

     
    Endereço

     
    Complemento

     
    Bairro

     
    CEP

     
    Cidade

     
    Estado

       
     
    ×