O licenciamento na volta às aulas: aposta certeira

Associar um produto a uma marca agrega valor para o consumidor e, graças à alta nos setores de entretenimento e marcas esportivas, essa prática promete aquecer o mercado na preparação para o período escolar.

Atrelar um determinado produto a uma marca com credibilidade no mercado é uma boa estratégia para cativar o consumidor e, consequentemente, conquistar posições de destaque nas prateleiras dos pontos de venda e nas home pages dos e-commerces. Tal prática, denominada “licenciamento”, fortalece a relação do fabricante ou varejista com seu consumidor através da criação de um vínculo emocional, pois o produto licenciado carrega valores intangíveis da marca licenciada com os quais o consumidor se identifica.

No Brasil, esse mercado vem se tornando cada vez mais poderoso. Só no ano passado as licenças movimentaram cerca de R$ 17,8 bilhões – número que reflete o crescimento de 5% de faturamento em relação ao ano anterior.

De acordo com a ABRAL – Associação Brasileira de Licenciamento, um dos principais segmentos dentro do licenciamento é a papelaria, que representa 9% de todas as empresas licenciadas. Segundo Marici Ferreira, presidente da ABRAL, “este é um comportamento bastante específico do mercado brasileiro, uma vez que mundialmente esta categoria não representa mais do que 3%”.

Dentro desse segmento, uma das áreas em que o licenciamento de produtos tem mais força é o que se costuma chamar de “volta às aulas”, que abrange itens como cadernos e agendas, além de mochilas, estojos e todo tipo de material escolar. Nesse campo, as propriedades mais licenciadas estão classificadas em duas principais categorias: o entretenimento, que corresponde a 57% delas e engloba personagens dos filmes, desenhos animados e HQs em alta, e as marcas esportivas, que contabiliza 15% delas.

“O período de volta às aulas é um dos mais efervescentes do calendário do licenciamento, pois constitui uma grande oportunidade para as marcas e personagens se aproximarem ainda mais do público infanto-juvenil. A indústria e o comércio se beneficiam da mesma forma, afinal, todos os anos o mercado é aquecido pelas compras escolares”, finaliza Marici Ferreira.

Para 2018 estima-se que as propriedades de entretenimento e esportivas continuem na liderança dos contratos de licenciamento. Os estúdios têm investido alto em grandes produções cinematográficas, que atingem públicos de todas as idades, como os lançamentos da Marvel e DC Comics. Além disso, no próximo ano acontecerá a Copa do Mundo, maior evento esportivo do planeta.

Sobre a Abral
Constituída em 10 de setembro de 1998, a Associação Brasileira de Licenciamento (Abral) é uma entidade sem fins lucrativos que reúne todas as plataformas do negócio no Brasil: licenciadores, agentes, licenciados, fabricantes, distribuidores, varejistas, entre outros segmentos envolvidos direta ou indiretamente com o mercado de licenciamento de marcas, imagem ou propriedade intelectual e artística registrada.
abral.org.br

Fonte: Ralcoh – Gisele Araújo – (11) 3257.4741 – ramal 16.

Comentários via Facebook

  • SIGA A EPGRUPO

    logo-sociais_r1_c1_s1 logo-sociais_r1_c2_s1 logo-sociais_r1_c3_s1 logo-sociais_r1_c4_s1 logo-sociais_r1_c5_s1 logo-social-youtube

  • btn-newsletter

  • Atuamos, por meio de publicações, ações direcionadas e eventos, com três principais segmentos: brinquedo, licenciamento e zero a três com a missão de informar, documentar, proporcionar encontro de negócios e estabelecer parcerias. Conheça mais sobre a EP GRUPO

    ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS!

    • Facebook
    • Twitter
    • Instagram
    • Flickr
    • LinkedIn
    • Youtube

    ÚLTIMAS POSTAGENS

    Inove na comemoração do seu filho
    13 Dec 20170 comentários

    ÚLTIMOS TWEETS

    Leia todos os tweets

    © Copyright 2015 Espaço Palavra Editora e Arte.

    by: NHS INFO

    Cadastre-se

     
    Name

     
    E-mail*

     
    Empresa

     
    Endereço

     
    Complemento

     
    Bairro

     
    CEP

     
    Cidade

     
    Estado

       
     
    ×