Bienal do Livro de SP 2020 é cancelada e só voltará a acontecer em 2022

Na quarta, a Companhia das Letras anunciou que não teria estande na edição deste ano

Nesta sexta-feira, 19, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou que está cancelada a edição da Bienal do Livro de São Paulo deste ano por causa do coronavírus. Com isso, a edição que seria realizada entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro no Expo Center Norte, fica para 2022.

Bienal do Livro de SP é cancelada. Crédito: Reprodução/ Bienal do Livro SP

“A medida visa garantir a saúde e segurança dos visitantes, autores, expositores, parceiros e colaboradores. Esta é a principal preocupação diante da crise”, diz o comunicado oficial.

“De acordo com Vitor Tavares, presidente da CBL, ‘a intenção do adiamento é garantir que o público e as empresas possam voltar a frequentar o espaço físico do evento em segurança e com responsabilidade’. Tavares ressalta que ‘em 2022, vamos oferecer novas formas de interação entre leitores, escritores e expositores para uma experiência ainda melhor’.”

O evento, uma das principais feiras literárias do país, costuma receber ao redor de 600 mil pessoas a cada edição. Na quarta-feira, 17, a Companhia das Letras, uma das editoras de maior peso no mercado, havia anunciado que não teria estande na edição deste ano.

Com informações da Folha de S. Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui