Como são determinadas as tendências mais quentes

Por Kristin Morency Goldman

As crianças de hoje não estão conscientes apenas do que está acontecendo em seus próprios bairros e escolas, elas também têm contato com os mais recentes modismos globais, por meio das redes sociais. Portanto, são bastante experientes no que diz respeito às tendências mundiais, sabem exatamente o que querem e ainda conduzem a maioria das decisões de compra relacionadas à moda, alimentos e brinquedos.

“De unicórnios à slimes e brinquedos-surpresa, ano após ano vemos novas tendências decolando no mercado. O desafio é antecipar o que estará nas listas de desejos das crianças e, assim, impulsionar as vendas de brinquedos“, observa Adrienne Appell, especialista em tendências da The Toy Association (EUA). De acordo com Apell, na entidade manter-se informado sobre os próximos brinquedos e jogos em alta envolve um longo trabalho, realizado durante o ano todo, com reuniões individualmente realizadas com as empresas de brinquedos globais, a fim de detectar o que elas têm no pipeline – conduta comercial para transformar leads em clientes. Esta fase é seguida de reuniões internas para que nossa equipe discuta os principais temas detectados.

Enquanto a equipe trabalha na elaboração de uma lista de tendências para o próximo ano, as informações são mantidas em sigilo. Na feira realizada em Nova York em fevereiro, finalmente são anunciadas à mídia e aos compradores. Conhecida pelos profissionais do setor como “o lugar onde as tendências ganham vida”, a Toy Fair New York parece uma manhã de Natal. Mais de 41 mil metros quadrados de espaço transbordam, com centenas de milhares de brinquedos novos e produtos de entretenimento para jovens. Parte deles já visto pela equipe de tendências da The Toy Association, em forma de protótipo meses antes. Mais de 1 mil expositores mostram seus brinquedos mais recentes para mais de 11 mil varejistas, atacadistas, empresários de entretenimento, importadores e compradores.

Para o visitante de primeira viagem, ou até mesmo para aquele que comparece pela centésima vez, a feira pode ser um pouco massante. Por isso, os observadores da associação vasculham os destaques e, em seguida, apresentam um seminário aberto para que fique menos assustador para os visitantes.

Na Toy Fair de Nova York 2019, a The Toy Association anunciou seis tendências: Unboxing 2.0, Composto Louco, Entretenimento Explosivo, Brinquedos Retrocessos, Brincadeiras Inspiradoras e Aspiracionais e Foodie Fun. Cada uma delas incentiva brincadeiras práticas e imaginárias – seja de unboxing, descobrindo surpresas escondidas dentro de seus brinquedos ou desfrutando de dramatizações, tais como fantasias e acessórios. Em todas as categorias, os fabricantes de brinquedos estão aumentando seus esforços para não apenas capturar, mas também manter a atenção das crianças diante da contínua concorrência de tablets, smartphones e da TV. De fato, os brinquedos mais bem-sucedidos são aqueles com várias etapas que permitem às crianças crescerem ou se adaptarem a eles, à medida que aprendem novas habilidades.

“Já os produtos ‘saudáveis para o cérebro’ parecem nunca sair de moda. Qualquer tipo de brinquedo ou jogo que ajude a desenvolver as habilidades motoras cognitivas, sociais, emocionais das crianças sempre será popular. A indústria de brinquedos está constantemente criando uma gama diversificada de produtos que não são apenas emocionantes e inovadores, mas também são verdadeiramente benéficos para as crianças de todas as idades”, acrescenta Appell.

Quer saber as tendências mais quentes para 2020? Visite a Toy Fair New York (www.ToyFairNY.com) em fevereiro e aproveite tudo que o mercado oferece, a começar pelos seminários educacionais sobre desenvolvimento e design de produtos, varejo independente e muito mais.

Kristin Morency Goldman é especialista em brinquedos da The Toy Association – Associação de Brinquedos dos Estados Unidos.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui