Entertainment One contra a pirataria

Ações apreenderam em torno de 150.000 produtos falsificados

A Entertainment One (eOne), em parceria com as autoridades brasileiras, alcançou um grande marco no combate à pirataria. Em ação conjunta inédita, a empresa conseguiu impedir a entrada de aproximadamente 150.000 brinquedos piratas de PJ Masks e Peppa Pig no país. Os produtos iriam abastecer o mercado ilegal para o Dia das Crianças, uma das datas mais rentáveis para o setor de brinquedos no Brasil, mas graças à ação rápida e proativa das autoridades coordenada com a eOne, as mercadorias ilegais foram apreendidas antes que pudessem chegar ao mercado.

Pirataria é nossa maior preocupação e é particularmente frequente na América do Sul. Então, nós estamos satisfeitos com o resultados da operação. Este é um passo positivo no sentido de lutar ativamente contra a disseminação de produtos ilegais”, comenta o vice-presidente sênior de negócios para Family & Brands da eOne, Tim Pfeiffer.

Durante três diferentes ações de fiscalização e contenção no começo do mês de Outubro, o porto de Santos apreendeu um total de 14 containeres carregados de produtos ilegais e potencialmente perigosos, impedindo a entrada e a comercialização desses itens no país. Em apenas quatro containeres foram confiscados 100.000 brinquedos falsos e não licenciados das marcas Peppa Pig e PJ Masks. Outros 30.000 brinquedos dos heróis de pijama foram descobertos em nove containeres e mais 20.000 em um único contentor.

Essa operação contra a pirataria reforça a determinação da eOne em combater as cópias não legalizadas dos produtos que levam seus personagens para proteger a integridade deles e, mais importante, salvaguardar as crianças dos riscos de mercadorias de qualidade duvidosa e inferior.

Nos últimos dois anos, um progresso considerável foi alcançado na prevenção da venda de itens não licenciados pela América Latina. Nesse período, 500.000 produtos falsos foram apreendidos nas alfândegas do país e no último de outubro uma importante decisão judicial removeu 2.000 listas de produtos falsificados do site líder sulamericano em comércio eletrônico.

Nós seguiremos trabalhando em total parceria com as autoridades do Brasil e usando todos os recursos legais disponíveis para proteger e resguardar nossas marcas e consumidores de mercadorias falsificadas e irregulares. A Entertainment One agradece o Judiciário e as autoridades portuária e aduaneira brasileiras pela assistência e apoio permanente nesse desafio grande e corrente”, finaliza o executivo.

Fonte: Mosaiky [Entertainment One] – Thaís Germano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui