Está dada a largada para o McDia Feliz de 2014

 Sem título

Ronald McDonald e Francisco Neves no McDia Feliz

O McDia Feliz deste ano já tem data marcada. A 26ª edição do evento, que acontece anualmente em toda a rede de restaurantes McDonald’s, será no dia 30 de agosto e foi lançada nacionalmente no dia 22 de maio, em São Paulo.

Em 2014, os recursos arrecadados com a campanha McDia Feliz beneficiarão 73 projetos de 57 instituições de todo o país. Em 2013, foram vendidos 1,7 milhão de sanduíches Big Mac, o que totalizou R$ 22,4 milhões, uma arrecadação recorde no Brasil.

O conceito da campanha este ano é uma homenagem aos responsáveis pelo sucesso do evento, que são todos os que participam, sejam clientes, voluntários, funcionários ou apoiadores do Sistema McDonald’s, além da mobilização de cerca de 30 mil voluntários que incentivam a sociedade a abraçar a causa da cura pelo câncer.

Segundo Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald que completa 15 anos em 2014, os recursos obtidos com o McDia Feliz têm viabilizado a implantação de unidades de internação, ambulatórios, salas de quimioterapia, casas de apoio e unidades de transplante de medula óssea, entre outros projetos em benefício de crianças e adolescentes com câncer. “O Instituto Ronald McDonald tem muito que celebrar. Além dos 15 anos de atuação completados em 2014, acreditamos que este será mais um ano de sucesso para o McDia Feliz, que mobiliza todo o país em torno da causa do câncer. Queremos continuar levando esperança e chance de cura para milhares de crianças e adolescentes com câncer de todo o Brasil”, afirma Francisco.

O lançamento nacional marca também o início da venda de tíquetes antecipados do sanduíche Big Mac. Cada tíquete pode ser trocado pelo sanduíche na data da campanha, 30 de agosto. Para adquirir os tíquetes antecipados (R$14 no Rio de Janeiro e Minas Gerais; R$15 Manaus e Belém; e R$13 no resto do Brasil) basta entrar em contato com a instituição participante mais próxima da sua localidade. A lista está disponível em www.institutoronald.org.br.

Fonte: S2Publicom – Rose Azambuja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui