Grupo Globo vai hospedar torneios de eSports com novo Player1

Plataforma recebe gamers para competições dos principais jogos; modelo comercial permite que marcas patrocinem disputas

O cenário de eSports tem novo serviço voltado para competições com a chegada da Player1, plataforma digital do grupo Globo. O anúncio foi feito nesta semana, durante o GG eSports Summit, em São Paulo. A ferramenta hospeda torneios online, e funciona como ponto de encontro entre gamers que desejam se organizar em ligas. Entre as opções de jogos estão os principais nomes do ecossistema, como League of Legends, Fortnite e Fifa 2020.

A companhia já organiza campeonatos amadores, como o JEE (Jogos Escolares Eletrônicos) e TUES (Torneio Universitário de eSports). Agora, com o Player1 a ideia é fomentar a criação de comunidades e nova mecânica em que os gamers acumulam pontos, são ranqueados de acordo e recebem medas digitais que podem ser trocadas por prêmios.

A ferramenta também servirá como um ponto de contato e aproximação entre marcas e consumidores. Isso porque os anunciantes podem patrocinar alguns torneios dentro da plataforma e também ter acesso a dados sobre hábitos de consumo e preferências da base de gamers da Player1. Isso porque a ferramenta será integrada ao Globo ID, a base de cadastros unificada do Grupo Globo, incluindo Globoplay, G1, globoesporte.com e Cartola FC.

O serviço de análise de dados será feito em parceria com a MediaPro, que também vem fazendo investimentos no mercado de eSports. A empresa espanhola é gestora de campeonatos como o Liga de Videojuegos Profissional (LVP) e o OTT gamer Ubeat. Com a parceria, os gamers conectados a Player1 vão trazer dados e insights para a customização da experiência na plataforma e também oportunidades para as marcas se conectarem com esse universo.

Discussões e fomento

Durante a segunda edição do GG eSports Summit, desenvolvedores, atletas profissionais, streamers, casters, gestores de times, gestores de ligas e campeonatos e especialistas, discutiram sobre as oportunidades e desafios do mercado. Serginho Groisman abriu o evento com uma conversa com Eduardo Schaeffer, diretor de negócios integrados da Globo, e Leandro Valentim, head de Novos Negócios do Esporte Grupo Globo.

O evento também promoveu painéis sobre a presença do público feminino no eSports e também sobre a profissionalização do mercado de games no Brasil. O ex-jogador e comentarista da TV Globo Caio Ribeiro comandou o debate. A relação entre os games e a violência também esteve na programação, assim como as discussões sobre tendências e oportunidades do segmento.

Fonte: PropMark

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui