Há quem esteja com o copo cheio no mundo dos negócios

A metáfora do copo meio cheio x meio vazio é conhecida e, durante as crises, é sempre citada. O fato é que em todas as fases difíceis surgem profissionais e empresas atentas às oportunidades ocultas e, claro, financeiramente preparadas para enfrentar melhor as dificuldades.

Desta vez, não é diferente. Enquanto a maioria dos empresários, seja de pequeno, médio ou grande porte, está se debatendo para tentar amenizar os impactos da pandemia, há um grupo de fabricantes e varejistas na contramão da crise.

De acordo com a matéria publicada pelo site Consumidor Moderno, mesmo em meio ao atual cenário a Cargill segue com seu projeto de inovação e lança uma nova embalagem para a tradicional lata do extrato de tomate Elefante.

Seguindo o comportamento do consumidor moderno, a empresa criou um pote reutilizável, bem mais sustentável. Para execução desse processo, a multinacional investiu R$ 80 milhões, sendo esta apenas uma das iniciativas previstas para o ano.

As empresas de setores essenciais, tais como supermercados, hospitais e farmácias estão contratando para dar conta da crescente demanda (Crédito Freepik)

Em meio ao isolamento, muitas startups também se consagraram ao oferecer soluções para as necessidades mais salientes desde então, tais como os serviços de entregas – mercados, refeições, farmácias etc. – e as plataformas para reuniões virtuais, entre outras atividades inovadoras.

Outro exemplo bem-sucedido é o da varejista Riachuelo. Conforme matéria publicada no Meio & Mensagem, neste momento crítico a rede consegue colher o investimento de R$ 168 milhões feito no e-commerce (2017) e no app da empresa. Durante a quarentena, a loja dobrou o seu faturamento on-line, com um aumento de 124% nas vendas, em relação ao mesmo período em 2019.

Com o fenomenal aumento nas vendas de aparelhos para a prática de exercícios físicos em casa, e-commerces como a Netshoes e a Centauro também obtiveram bons resultados. Nas primeiras semanas do isolamento, a Netshoes registrou aumento de 2.700% em itens como elásticos e faixas; 2.100% para cordas; e 2.000% para halteres, colchonetes e tapetes. Além disso, esteiras, bicicletas ergométricas, equipamento para yoga, pilates e CrossFit também dispararam.

A Centauro, por sua vez, adotou uma política mais agressiva de descontos e registrou altas expressivas em alguns produtos.

Estes são apenas alguns exemplos inspiradores para quem achou que o mundo fosse acabar em 2020. Sempre existe um caminho. Tenha calma, mantenha-se bem informado, faça um bom planejamento e perceba o copo cheio.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui