Perfis de conteúdo criado em família só tende a crescer

As mídias sociais viraram uma válvula de escape diante dos acontecimentos da pandemia, onde todas as pessoas procuravam alguma forma de entretenimento. Podemos ver um grande exemplo do TikTok, que virou uma febre em 2020. Algumas famílias, para combater o tédio, começaram a criar conteúdo em família. Impulsionados pelos filhos conhecedores de tecnologia, os pais viraram companheiros de brincadeira das crianças no cenário digital.

Quando pesquisados, 44% das crianças disseram que sua parte favorita em estar em casa mais do que o normal é passar tempo com suas famílias. O conteúdo criado não só ajuda a reunir pais e filhos para explorar um interesse comum, mas também dá a eles ideias para outras coisas que podem fazer juntos.

O conteúdo centrado nas famílias certamente não é nada novo, mas parece mais indulgente e importante do que nunca porque agora está atendendo às necessidades fundamentais criadas pela pandemia. Em primeiro lugar, qualquer pessoa que anseie por conteúdo escapista e alegre pode encontrar alívio da natureza livre de ansiedade do ciclo de notícias de 24 horas e do estresse do confinamento.

Ao ver as experiências de outras famílias, as crianças podem encontrar conforto em saber que seus sentimentos são compartilhados por pessoas em todo o mundo (e até mesmo por famílias de celebridades também).

Finalmente, os vídeos de família estão ajudando a quebrar a previsibilidade do conteúdo produzido em estúdio (e muitas vezes em formato mais longo), que normalmente é criado para crianças ou pais.

Nenhuma plataforma está ajudando a servir melhor esse tipo de conteúdo do que o TikTok. Uma vez reservado para Geração Z e jovens Millennials, uma mudança recente viu usuários de 30 anos ou mais ingressando na plataforma nos últimos meses. Qualitativamente, vimos que as famílias também começaram a flexionar seus músculos criativos no TikTok, nos dando uma espiada em sua bolha pessoal. É o medicamento que não sabíamos que todos precisávamos.

O conteúdo completo para a família não mostra sinais de redução. Na verdade, é provável que só fique mais forte e criativo. Por que essa tendência de conteúdo está tendo seu momento agora? Além de as famílias passarem mais tempo juntas do que nunca, a vida diária passou por uma mudança dramática. Ao se adaptarem a novas rotinas – como aprendizado remoto e videoconferências – as famílias foram forçadas a adotar a tecnologia.

Em vez de os pais rejeitarem a tecnologia, eles agora a veem como um portal para o contato humano que todos desejamos. Com isso em mente, os pais estão ficando mais confortáveis não só com a tecnologia, mas também em estar na frente das câmeras.

Uma outra possibilidade é que os pais estejam seguindo a deixa de seus filhos aspirantes a influenciadores e tentando capitalizar o tempo em quarentena para se tornarem influenciadores familiares.

Fonte: Kidscreen

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui