Sonic mostra como os fãs podem influenciar na produção de um filme

Sonic – O Filme chegou aos cinemas na última quinta-feira, 13, e se tornou um marco por resgatar o universo de um personagem de videogame dos anos 1990 e por levar em conta a opinião dos fãs na produção do longa-metragem.

A Paramount Pictures encabeça parte da produção e distribuição do filme e Luciana Falcão, diretora de marketing do estúdio no Brasil, contou que a empresa apostou na franquia pelo interesse do público e recall em termos de awareness, que é uma forma de usar a consciência como estratégia para medir a percepção do consumidor.

Segundo informações do portal Meio & Mensagem, Luciana disse que o público-alvo é variado, já que tenta atingir os pais de hoje, que foram crianças nos anos 90, os filhos desses pais, a família e os jovens como um todo.

A meta do filme é criar uma experiência cinematográfica. Para isso, foi produzido um fã service, que é quando um longa traz elementos específicos para agradar ao público que é fã. A presença do ator Jim Carrey e o enredo do filme complementam o pacote na tentativa de agradar todos os públicos.

No primeiro trailer do filme, divulgado em abril de 2019, os fãs criticaram o visual do personagem, que era diferente do que é conhecido pelo videogame. Com isso, o lançamento do filme, que estava previsto para novembro de 2019, sofreu atraso para passar por modificações. Os novos trailers já foram mais bem aceitos.

A foto de baixo mostra a primeira versão de Sonic que foi criticada, e a de cima mostra a nova versão, mais aceita pelo público. Crédito: Reprodução/YouTube/Paramount

Pablo Miyazawa, editor de cultura pop da Webedia, acredita que a decisão da Paramount representa os dias atuais, a era de repercussões e ‘cancelamentos’ nas redes sociais. “Eles sabiam que se não ouvissem a voz dos fãs, era como se o filme já tivesse fracassado antes de chegar aos cinemas”, disse.

Luciana revelou que refazer o personagem foi um processo apreensivo, mas positivo pelo engajamento dos fãs nas decisões do estúdio. “Começamos a ver spoilers do novo Sonic aparecendo na internet e íamos avaliando as reações dos fãs e vimos que a resposta foi boa. Conseguimos reverter o barco”, explicou.

Para divulgar o filme, a Paramount apostou em ativações físicas, parcerias com marcas, campanhas publicitárias em mídias tradicionais e influenciadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui