Teatro alemão remove cadeiras para manter distanciamento na plateia

A companhia de teatro Berliner Ensemble, fundado por Bertold Brecht, em Berlim (Alemanha), removeu 500 dos 700 assentos de sua plateia para garantir que haja distanciamento social quando puderem reabrir, em setembro.

Companhia de teatro Berliner Ensemble deve reabrir em setembro. Crédito: Reprodução/ Instagram

Segundo o g1, o diretor artístico do teatro, Oliver Reese, disse que foi uma “solução criativa” para manter a segurança do público em tempos de pandemia e seguir as recomendações de funcionar com 30% da capacidade.

“Não é apenas nossa principal missão e obrigação como teatro público, mas também nosso desejo sincero de voltar ao palco”, escreveu em um e-mail enviado à imprensa.

“Todos ansiamos pela normalidade. Mas tenho certeza absoluta de que nosso teatro funcionará com a mesma energia para 200 pessoas”, acrescentou.

Na Alemanha, os estabelecimentos não essenciais começaram a ser reabertos em 20 de abril. Na semana passada, os primeiros cinemas foram reabertos, segundo o UOL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui