Venda de brinquedos, quebra-cabeças e livros educativos cresce nos EUA

Com as crianças em quarentena, houve um aumento nas vendas de itens para entretenimento e aprendizado nos Estados Unidos, segundo o The NPD Group.

Cresce a venda de brinquedos e artigos de pintura nos EUA. Crédito: Pixabay

Na semana que terminou no dia 21 de março, as vendas de brinquedos, livros e material de escritório cresceram 26%, assim como de jogos de tabuleiro, livros de atividades, jogos de colorir e giz.

A categoria que mais cresceu foi a de jogos e quebra-cabeças, com 228% em uma semana, seguida de jogos de tabuleiro, cartas e jogos infantis. Os conjuntos de construção também apresentaram aumento de 75%, e de artes e ofícios foi de 70%. Os brinquedos para esportes e atividades ao ar livre tiveram aumento de 20%.

Segundo a assessora da NPD, Juli Lennett, esse crescimento nas vendas foi causado pelo coronavírus, que obrigou as pessoas a ficarem em casa para não contraírem o vírus, além de fechar as escolas.

A venda de livros de não-ficção para crianças cresceu 66% na mesma semana já citada, de disciplinas focadas em educação e atividades. A venda de livros de atividades em geral cresceu 128%, auxílios a estudos (235%), escola e educação (143%) e artes (265%).

As ferramentas para colorir e pintar aumentaram as vendas de material de escritório em 86%. Nesse período, as vendas de giz cresceram 56%, os instrumentos de escrita, incluindo marcadores, aumentaram 146%, marcadores de cores 81%, tintas para dedos aumentaram 313%, tinta tempera 272%, papel aquarela 188% e acessórios para pintura 111%.

Isso porque as crianças nos EUA estão usando itens de arte para colorir e estão colocando desenhos de arco-íris em suas janelas e calçadas para se animarem durante a quarentena.

As informações são do site Kidscreen.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui