Nasa: uma marca americana no imaginário coletivo

Por Thaís Monteiro

Com a conquista da Lua, há 50 anos, a agência espacial impulsionou seu projeto de popularidade: primeiro, com intenso licenciamento; hoje, também via redes sociais

Desde que fez a humanidade pisar na lua por meio dos três astronautas da missão Apollo 11, há 50 anos, o posicionamento da Nasa enquanto marca mudou bastante. Hoje, a agência espacial norte-americana se faz intensamente presente pelas redes sociais, estampando seu logo e outros símbolos em moletons, acessórios, brinquedos, mochilas, livros e até comida espacial.

Crédito da imagem: Nasa/Unsplash

Durante a corrida espacial, a Nasa representava com força o nacionalismo estadunidense. Hoje, ela busca trazer uma ideia coletiva para sua comunicação (Crédito: Nasa/Unsplash)

O aspecto pop dessa presença em massa da Nasa no cotidiano é proposital. Como a agência é um órgão público, ela precisa da aprovação e aceitação da população para continuar recebendo recursos para desenvolver seu trabalho de pesquisa e exploração do espaço. Com a iniciativa privada adentrando cada vez mais o sistema solar, a força da marca Nasa se torna mais necessária.

(Crédito: Divulgação/Vans)

Como é uma instituição pública, a agência não exige taxa nem ganha participação dos lucros obtidos com a venda de produtos licenciados, o que facilita a popularização da identidade visual da Nasa. Ela está em produtos de empresas como Vans, Target, Forever 21, Old Navy, Nike, Walmart, Coach e Urban Outfitters. Para a marca ter os logos da agência, ela deve entrar em contato e submeter os designs para aprovação. De acordo com Bert Ulrich, integrante da comunicação da Nasa em entrevista ao portal Racked, o número de marcas procurando lançar produtos da Nasa aumentou consideravelmente nos últimos anos por causa das redes sociais e filmes como Estrelas Além do Tempo, Interestelar, Gravidade e Perdido em Marte.

Para ler a matéria na íntegra, acesse: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2019/07/19/nasa-uma-marca-americana-no-imaginario-coletivo.html

Fonte: Meio & Mensagem – Por Thaís Monteiro – 19/7/2019.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui