Dinâmico e promissor, público jovem-adulto desafia as marcas

Um dos públicos mais dinâmicos e desafiadores para as marcas, os jovens-adultos também representam um precioso nicho para criação de bens de consumo. Em constante busca por atualidades e sempre produzindo conteúdo inovador, esse target fala muito sobre as últimas tendências do mercado de licenciamento.

A Play Pesquisa e Conteúdo Inteligente os denominou como zona “cinza” que nada tem a ver com algo morno ou sem graça. Pelo contrário, o público jovem – no sentido de sentir-se atraído por tudo que é contemporâneo – é tão dinâmico que as empresas têm dificuldades para acompanhar seus passos.

“O segredo destes conteúdos, marcas e influenciadores? Seguir a própria essência: faça o que acredita, sem filtro” (Crédito Pixabay)

Quem são eles? São aqueles que têm na essência pensamentos, vontades e até emoções de um jovem – alguém que busca o novo, o disruptivo. Para quem precisa colocar dentro de uma caixa, estamos falando principalmente dos adolescentes e jovens adultos.”

“Mas se você precisa realmente da caixa, é melhor ficar de fora porque as atitudes deles são como furacões, incontroláveis, intensas e, ao mesmo tempo, divertidas e leves. Não cabem dentro de uma caixa. Estes seres deveriam ser o foco de consumo da maioria das empresas, não apenas no discurso e, sim, na prática.”

Para ler o artigo assinado pelas sócias-diretora da Play Pesquisa, Aurélia Picoli e Ana Amélia De Césaro, acesse a revista Licensing Brasil.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui