A relevância do pequeno varejo

– Revista Espaço Brinquedo/Papelaria #100

Desde a chegada da Amazon ao Brasil, muita coisa mudou para o varejo nacional e, se não mudou, isso está em vias de acontecer. Mais do que nunca, tanto as lojas físicas como os e-commerces que operam no País precisam repensar suas estratégias. No mínimo, têm de investir em tecnologia e logística para garantir produções e entregas minimamente eficazes para participar dessa disputa. Especialistas falam em revolução. Talvez, seja isso mesmo que esteja prestes a acontecer, mas a real dimensão desta mudança para os negócios, ainda não se sabe ao certo.

Em contrapartida, a relevância do pequeno varejo para a economia do País é inegável. De acordo com os dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os pequenos negócios têm sido um dos propulsores da economia do Brasil, pois são eles que geram mais emprego e renda. “Os donos de micro e pequenas empresas estão confiantes no futuro do País. Somente neste ano, foram mais de 670 mil vagas criadas pelas micro e pequenas empresas, o que representou cerca de 90% do total de postos de trabalho com carteira assinada, superando todo o saldo de 2018”, afirma o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Quer conferir o conteúdo na íntegra e ficar por dentro dos números, estratégias e perspectivas? Clique AQUI e acesse a matéria de capa da edição #100 da Revista Espaço Brinquedo e Papelaria. 😉

Depois, nos conte – aqui nos comentários, sobre suas impressões, tá?

Ah! E se tiver alguma sugestão de assunto para nossas matérias, vamos adorar.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui