Comércio eletrônico projeta crescimento de 18% com Dia dos Namorados

Apesar da distância, os parceiros não devem deixar de comprar o presente para comemorar a ocasião

O comércio eletrônico brasileiro dever ter um aumento das vendas relacionadas ao Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, apesar da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Comércio eletrônico projeta crescimento de 18% com Dia dos Namorados. Crédito: Pixabay

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima que, de 25 de maio a 12 de junho, o movimento vá crescer 18% na comparação com igual período do ano anterior, levando o faturamento do setor para R$ 2,96 bilhões.

De acordo com o estudo da instituição, prevê-se que sejam feitos 9,76 milhões de pedidos com tíquete médio no valor de R$ 303. As categorias que terão produtos mais vendidos serão moda, perfumes, cosméticos, informática, eletrônicos, cestas e flores.

“O Dia dos Namorados é uma das datas mais importantes para o e-commerce, e contribui muito com o volume de vendas apurado durante o ano. O comércio eletrônico deve estar preparado para aproveitar todo o potencial da data”, disse Maurício Salvador, presidente da ABComm.

Para ler a matéria completa, acesse o site da Abcomm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui