Dia das Crianças deve movimentar, no varejo brasileiro, R$ 10,87 bilhões

Em meio a um ambiente econômico desafiador, 72% dos consumidores devem ir às compras – pouco abaixo do percentual registrado em 2019 (73,3%)

Pesquisa conduzida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em conjunto com a Offer Wise, em todas as capitais brasileiras, aponta que as incertezas causadas pela da pandemia do novo Coronavírus não deverão atrapalhar o desempenho do Dia das Crianças neste ano.

O gasto médio para a data deve ser de R$ 209,33. Crédito: Reprodução.

Em meio a um ambiente econômico desafiador, 72% dos consumidores devem ir às compras – pouco abaixo do percentual registrado em 2019 (73,3%).

A expectativa é de que o varejo movimente aproximadamente R$ 10,87 bilhões. A maioria dos entrevistados garante que pretende gastar menos ou o mesmo valor do ano passado (36% querem gastar menos, 32% pretendem gastar a mesma quantia, e apenas 17% dizem que irão gastar mais). Tendo em vista a quantidade de itens, três em cada dez consumidores vão comprar dois presentes (31%), enquanto 27% pretendem comprar somente um presente, e 18%, três itens. Em média, os consumidores vão adquirir 2,3 presentes. O gasto médio deve ser de R$ 209,33 com todos os presentes na data, valor bastante parecido à intenção de compras da pesquisa de 2019 (R$ 198,79).

A sondagem reforça ainda a expansão do e-commerce durante a pandemia. Os locais de compra mais citados pelos entrevistados são a internet/lojas virtuais (34%), o shopping-center (31%) e as lojas de rua/bairro (24%). Considerando aqueles que realizarão suas compras na internet, 79% vão utilizar sites, 54% os aplicativos e 20% o WhatsApp.

Fonte: https://www.moneyreport.com.br/

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui