Dia das Crianças pode ter aumento de 5% nas vendas, prevê lojistas de São Paulo

Cerca de 40% dos lojistas do estado de São Paulo esperam atingir este crescimento

De acordo com pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo), para 40% do varejo de São Paulo, a data pode trazer um aumento de 5% nas vendas do comércio.

“O Dia das Crianças é uma data tradicional para o comércio. Esperamos um impacto positivo nas vendas. É uma grande oportunidade para essa retomada”, explica o presidente da FCDLESP, Maurício Stainoff.

Dentre os setores que mais podem ser beneficiados está o de brinquedos. Crédito: Reprodução.

Com a transformação econômica deste ano, cerca de 53,3% dos lojistas supõem que as vendas do Dia das Crianças podem ficar divididas entre lojas físicas e virtuais.

Já para 40%, o e-commerce pode alavancar as vendas, atingindo os consumidores que preferem receber as compras em suas casas. Outros 6,7% supõem que as lojas físicas serão as mais beneficiadas devido ao volume considerável de clientes nas ruas.

Oito em cada dez lojistas acreditam que facilitar as formas de pagamento – como aumentar o número de parcelas – é a melhor forma de atrair os clientes para as lojas, além de oferecer descontos progressivos para o consumidor levar duas peças, por exemplo.

Brinquedos, vestuário e calçados

Para os comerciantes, os setores que mais podem ser beneficiados são os de brinquedo, vestuário e calçados, além dos eletrônicos, como celular, tablet, notebook e videogames.

Os lojistas também relatam que, pelo fato de o Dia das Crianças ser uma data tradicional no varejo, familiares e parentes têm o costume de presentear netos e sobrinhos e a prorrogação do auxílio emergencial será de grande ajuda para movimentar o comércio.

A pesquisa foi realizada com a participação das principais CDLs do Estado de São Paulo.

Fonte: https://mercadoeconsumo.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui