Mattel lança Barbie para o mês da história negra e dos Jogos Olímpicos

Depois de lançar bonecas Barbie com vitiligo e deficiência física, a Mattel saiu na frente mais uma vez e lançou mais duas coleções: uma inspirada no Mês da História Negra dos Estados Unidos (como o Mês da Consciência Negra do Brasil) e outra nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Mattel lança linha de bonecas Barbie inspirada nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Crédito: Reprodução/ Instagram

“A Barbie continuou a evoluir ao longo dos anos para refletir melhor o mundo que as meninas veem hoje, adicionando mais diversidade às infinitas possibilidades de contar histórias”, diz a Mattel no site.

Em parceria com o Comitê Olímpico Internacional, a marca de brinquedos colaborou para criar produtos de brinquedos licenciados, destacando os cinco novos esportes que serão adicionados este ano: beisebol/softbol, ​​escalada esportiva, karatê, skate e surf.

Os produtos Tóquio 2020 da Mattel também incluirão uma nova coleção Hot Wheels para representar esportes icônicos, desde os primeiros Jogos em Atenas até esportes que estrearam em Tóquio e um UNO de edição limitada que apresenta o mascote Miratowa.

Mês da História Negra – o equivalente nos EUA ao Mês da Consciência Negra no Brasil, é tema dessa coleção da Mattel. Crédito: Reprodução/ Instagram

Para o Mês da História Negra, há uma linha de bonecas inspiradas na data. “Era importante para mim refletir sobre a Barbie como um ícone através das lentes da cultura negra durante o Mês da História Negra”, disse a estilista Shiona Turini, que assina a coleção. Serão bonecas com variam o tom de pele, tipo de corpo e estilo de cabelo.

A história de Shiona Turini com bonecas é semelhante à de muitas mulheres negras. As prateleiras das lojas estariam repletas de bonecas com diversos tons de cor de cabelo, mas quando se tratava de tons de pele, as opções eram poucas e distantes.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui