Mercado de games atrairá 2,7 bilhões de usuários este ano

Por Carolina Riveira, da Exame

Da lista de poucos setores que crescem em meio ao coronavírus está o universo de games. Com pessoas quarentenadas em casa, os jogos, que já estavam em uma crescente nos últimos anos, ganham ainda mais tração.

Mercado de games só cresceu na quarentena. Crédito: Pixabay

Líderes de crescimento nos últimos anos, os jogos pelo celular ou tablet devem continuar sendo as estrelas. Relatório da consultoria especializada Newzoo divulgado nesta semana projeta que os games para dispositivos móveis devem gerar receita de 77,2 bilhões de dólares neste ano, alta de 13,3% e quase metade de toda a receita do setor. O segmento como um todo deve crescer 9,3%, chegando a uma receita de 159,3 bilhões de dólares, já com projeções incluindo o panorama pós-coronavírus.

O setor de jogos para celular pode atingir 2,6 bilhões de usuários, segundo a projeção da Newzoo, quase todos os 2,7 bilhões de usuários que devem jogar em 2020. Ou seja: mesmo quem joga em computador ou console deve apostar em algum jogo de celular neste ano.

A quarentena intensificou este cenário. Uma mostra do poderio dos jogos para celular veio nesta quarta-feira, 13, quando a chinesa Tencent divulgou alta de 26% na receita, puxada sobretudo por seu braço de jogos que corresponde a quase um terço do faturamento. A receita atingiu 108 bilhões de iuanes, cerca de 15,3 bilhões de dólares. O lucro foi de 4 bilhões de dólares, também acima das projeções.

Para ler a matéria completa, acesse o site da Exame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui