YouTube Shorts pode ser o mais novo concorrente do TikTok

O indiscutível sucesso do TikTok em várias partes do mundo, com suas divertidas coreografias e desafios propostos, já despertou a atenção da concorrência. Lançado em 2016, o TikTok conta com mais de 400 milhões de usuários ativos diariamente.

O YouTube pode estar desenvolvendo uma rede social parecida com o TikTok. Crédito: Pixabay

De acordo com informações do site The Information, o YouTube estaria desenvolvendo uma rede social semelhante de vídeos curtos, batizada de Shorts. Para atrair ainda mais seguidores, o novo serviço deve permitir o uso das músicas do YouTube nos vídeos. Esse recurso seria possível, graças aos acordos firmados com as gravadoras.

Em 2019, o YouTube chegou à marca de 2 bilhões de usuários mensais. O serviço registrou US$ 15 bilhões em receita com publicidade no ano passado, contra os US$ 177 milhões de compras no app do TikTok. Tudo indica que aproveitaria essa vantagem na nova disputa.

Por outro lado, o Tik Tok possui 500 milhões de usuários ativos, 25% dos 1,8 bilhões do YouTube. Embora o TikTok não tenha apresentado soluções sólidas de monetização tanto para a empresa como para os seus criadores, selou uma longa parceria de conteúdo com a NFL, entre outras campanhas visualizadas por bilhões e apoiadas por celebridades de Hollywood.

Vale ressaltar que o TikTok acabou de fechar acordos de licenciamento – aparentemente temporários – com a Universal, Warner e Sony.

Mercado

O Facebook tentou atrair o público do Tik Tok com o Lasso. O Instagram, por sua vez, lançou o Cenas, o novo modo dos Stories. Até um dos cofundadores do antigo Vine entrou na concorrência ao apresentar o Byte.

O Shorts do YouTube deve ser liberado no final deste ano.

As informações são dos sites Tubefilter e Tecnoblog.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui